Business · TAV · Translation Profession

A Tradução Audiovisual, o Mercado e a Valorização dos Profissionais de Idiomas

Infelizmente, há muitos artigos de jornais e revistas colocando a tradução, a legendagem e o ensino de idiomas como formas fáceis de ganhar uma graninha extra. Isso é péssimo! Se você, tradutor, não valorizar a nossa formação e profissão, quem o fará?

Business

10 Dicas para Tradutores Iniciantes

Participo de vários grupos online de tradutores e sempre vejo o pessoal fazer as mesmas perguntas: Como faço para conseguir clientes? Vale a pena ter um site próprio? Alguém tem modelo de currículo para compartilhar?

Foi pensando nessas perguntas que se repetem nas redes sociais que decidi escrever um post com 10 dicas para tradutores iniciantes. 

Espero que essas dicas sejam úteis. Se alguém tiver mais informações bacanas, pode colocar nos comentários.

Guest Series - The Translation Profession · intérprete · Libras · tradutor · Translation Profession

Profissão Tradutor – Paloma Bueno Fernandes

A convidada deste mês é a querida e talentosa Paloma Bueno, intérprete de Libras. Quando falamos em comunicação, a maioria das pessoas pensa somente em comunicação falada (voz) e texto. No entanto, há muitas outras formas de comunicação. A comunicação não falada, por exemplo, inclui o uso de pistas visuais, como linguagem corporal (kinesia) e distância (proxêmica), ambientes físicos ou aparência, voz (paralinguística) e toque (interpretação tátil e comunicação háptica). Já a língua brasileira de sinais (Libras) é a língua de sinais (língua gestual) usada pela maioria dos surdos dos centros urbanos brasileiros. Ela é derivada tanto de uma língua de sinais autóctone, que é natural da região ou do território em que se habita, quanto da língua gestual francesa; por isso, é semelhante a outras línguas de sinais da Europa e da América. Paloma nos conta como ingressou nessa área e vem desmitificar algumas coisas sobre a Libras.

Translation Profession

Profissão Tradutor – Caroline Alberoni

A convidada deste mês é a minha querida amiga e tradutora Caroline Alberoni.
Once upon a time, antes de ter o meu amado filho Bruninho, eu era mais ativa online, e foi nessa época que eu conheci a Carol. Fiz um sorteio para meus seguidores online e a Carol levou o prêmio. Foi ali, por volta de 2012, que começamos a manter contato e, com o tempo, esse contato online virou amizade.
Carol é mestre em Estudos da Tradução com Comunicação Intercultural pela University of Surrey (Inglaterra) e bacharel em Letras com Habilitação em Tradução pela UNESP e, neste post, nos conta como foi o início de sua brilhante carreira e dá dicas para quem está começando ou pensando em ingressar na carreira.

Especializações · Translation Profession

Por que é importante contratar tradutores e intérpretes profissionais especializados na área médica.

Basta uma palavra errada ou fora de contexto para destruir a vida de uma pessoa, gerar indenizações milionárias ou criar uma crise política. Saber falar duas línguas não é a mesma coisa que saber traduzir ou interpretar. A tradução é uma habilidade especial que os tradutores profissionais trabalham duro e estudam muito para desenvolver. A importância da boa tradução ou interpretação é mais evidente quando as coisas dão errado. Leia este post e conheça o caso de Willie Ramirez e a palavra de 71 milhões de dólares.

Guest Series - The Translation Profession · Translation Profession

Meu pai, a tradução e eu: da paixão por idiomas à importância dos tradutores.

Meu pai e eu sempre compartilhamos três paixões: cultura, história e línguas estrangeiras. Tentamos compartilhar uma quarta – o Direito, mas mesmo tendo me formado na área, eu acabei seguindo pela tradução. Lembro-me, ainda pequena, de meu pai incentivando meus estudos linguísticos. Eu passava horas na frente do espelho tentando imitar sotaques e repetia as frases dos meus atores favoritos em seus idiomas nativos. O amor por línguas certamente vem dele, mas a paixão por transpor os obstáculos culturais e linguísticos que, sem a tradução, poderiam nos separar (ainda mais), veio de cada vez que eu ajudei alguém a se comunicar com um estrangeiro, traduzi textos para amigos e, finalmente, percebi que essa era a minha vocação, o meu chamado. Quando decidi me dedicar integralmente à tradução, meu pai ficou preocupado. Lá se foram cinco anos de Direito, dois anos como estagiária concursada do Ministério Público do Estado de São Paulo e três anos de experiência na prática jurídica. Mal sabia ele (e eu também), que o Direito continuaria presente na minha vida como tradutora. Ao longo dos anos, meu pai foi aprendendo comigo e eu continuei aprendendo com ele. Neste post, meu pai fala das paixões que compartilhamos, do curso de tradução que fez este ano para melhor compreender minha profissão e como ele vê a importância da tradução, como diriam os Titãs, “desde os primórdios até hoje em dia”. Enjoy!

Guest Series - The Translation Profession

Profissão Tradutor – Maria Thereza Stetner

Maria Thereza Stetner conta como começou na profissão quando, após ter se aposentado como professora de inglês da Cultura Inglesa e da rede estadual (SP) de ensino, foi aprovada no concurso público da JUCESP para Tradutor Público e Intérprete Comercial.
Maria Thereza foi intérprete no meu casamento civil, em 2009. Começou ali uma gostosa camaradagem profissional que dura até hoje. Mantivemos contato, indicamos clientes uma para a outra ao longo dos anos e ela ainda trabalhou comigo e com meu marido mais uma vez, em 2014, quando tivemos que traduzir uma montanha de documentos para o nosso retorno para os EUA. Leia este post e conheça um pouco mais da trajetória dela e veja o quanto ela tem a nos ensinar.