Guest Series - The Translation Profession

Profissão Tradutor – Maria Thereza Stetner

Maria Thereza Stetner conta como começou na profissão quando, após ter se aposentado como professora de inglês da Cultura Inglesa e da rede estadual (SP) de ensino, foi aprovada no concurso público da JUCESP para Tradutor Público e Intérprete Comercial.
Maria Thereza foi intérprete no meu casamento civil, em 2009. Começou ali uma gostosa camaradagem profissional que dura até hoje. Mantivemos contato, indicamos clientes uma para a outra ao longo dos anos e ela ainda trabalhou comigo e com meu marido mais uma vez, em 2014, quando tivemos que traduzir uma montanha de documentos para o nosso retorno para os EUA. Leia este post e conheça um pouco mais da trajetória dela e veja o quanto ela tem a nos ensinar.

Business

LinkedIn para tradutores e outros profissionais de idiomas

Seu perfil no LinkedIn é sua vitrine para o mundo profissional. É importante que ele seja bem feito e que as informações estejam escritas e dispostas de forma clara e objetiva para que ele possa ser útil para você. Se o seu perfil estiver escrito de forma confusa ou não atender aos padrões do mercado, um potencial cliente (ou empregador) não entrará em contato com você.
No mercado de serviços de idiomas não é diferente. Leia este post e siga as oito dicas sugeridas para melhorar o seu perfil no LinkedIn.

Translation Profession

Profissão Tradutor – Fernanda Brandão-Galea

Fernanda Brandão-Galea inaugura a série Profissão Tradutor falando sobre como foi o seu começo como tradutora, no Brasil, ainda que somente como uma atividade que compunha as atribuições de seu cargo na engenharia, e posteriores recomeços, na Argentina e nos Estados Unidos, já como tradutora profissional. Seu post traz, também, uma listinha muito bacana do que ela considera importante ter em mente antes de iniciar na profissão.

Translation Profession

Desenvolvimento Profissional para Tradutores e Intérpretes

Certas coisas evoluem de forma rápida e constante, como línguas estrangeiras, tecnologia e áreas de especialização. Isso faz com que o contínuo desenvolvimento profissional seja tão necessário para tradutores e intérpretes como é para médicos, advogados e engenheiros. Leia este post e veja algumas das opções disponíveis na internet.